Seis maneiras de usar os óculos de realidade virtual

Realidade virtual parece uma nova tecnologia, mas o termo foi usado, pela primeira vez, em 1938, no livro “Le Théâtre et son Double”, de Antonin Artaud. Antes disso, já havia tentativas de transportar as pessoas para “outra realidade”, como os óculos estereoscópicos com cartões 3D, que existem desde 1920.

Desde lá, evoluímos muito e chegamos aos Óculos de realidade virtual. Alguns dos mais famosos são de grandes empresas, como Microsoft, Samsung e Sony. O objetivo do dispositivo é, por meio de ilusão visual, transportar o usuário para outra realidade. Para que isso aconteça, duas imagens diferentes são geradas – uma para cada olho – mas que o cérebro interpreta somente como uma.

Além disso, os óculos são capazes de interagir com os movimentos da pessoa. Diferente de óculos 3D de cinema, a imagem não está estática, mas em qualquer movimentação (360°) do usuário. Os óculos são usados com aplicativos específicos no smartphone.

Normalmente, as pessoas lembram-se da tecnologia para entretenimento, como jogos. Mas ela pode ser usada para diferentes fins, não somente para divertir as pessoas. Empresas devem explorar a realidade virtual de diferentes maneiras, levando seu público-alvo a novas realidades.


Claros Apoio | Óculos Realidade Virtual

Confira algumas das ações já feitas e se inspire:

Jogo Gatinho

Um jogo famoso foi feito com uma tábua de madeira e um gatinho na ponta. Os jogadores deveriam tentar salvar o animal, porém o que eles visualizavam era uma tábua em uma janela, dando a impressão que poderiam cair se errassem.

Salto de páraquedas

Desde 1970, soldados americanos fazem diferentes treinamentos usando de realidade virtual, como salto de paraquedas. Outras empresas podem oferecer experiências de esportes radicais para seu público-alvo, ainda que eles estejam em um ambiente totalmente seguro.

Simuladores

Assim como os esportes radicais, simuladores em geral sempre fazem sucesso com o público. Montanhas Russas, carros de corrida, voar ou planar, são algumas das possibilidades que podem ser exploradas.

Combinação de realidades

Se os simuladores nos levam a um ambiente totalmente diferente, os óculos também permitem misturar o que se está vendo com uma nova realidade. Pensando nisso, a marca de óleo para carros Castrol, fez um projeto inovador onde o piloto dirige sem ver a pista original, somente com realidade virtual.

Viaje sem sair do lugar

Cada vez mais, redes hoteleiras usam a realidade virtual para mostrar aos seus clientes os seus ambientes. Proporcionar uma “visita” antes de um negócio ser fechado, pode ajudar a ter pessoas mais confiantes de seu serviço. O mesmo acontece com agências de viagens, que mostram os destinos como se o viajante já estivesse no local.

Cinemas

As ações promocionais com cinemas ganham sempre uma dimensão a mais. Já faz tempo que saímos do 3D para chegar até 7D. Os óculos de realidade virtual ajudam na imersão total da nova realidade, que já conta com movimentos de cadeira, diferentes odores e outros estimuladores sensoriais.

#brindes #óculosrealidadevirtual #tecnologia

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo